O Papel de Viroc na construção de Fachadas Ventiladas

O Viroc é um painel compósito constituído por uma mistura de partículas de madeira e cimento designado de Cement Bonded Particle Board (CBPB). Combina a flexibilidade da madeira com a resistência e durabilidade do cimento, permitindo uma vasta gama de aplicações, sendo uma das principais a aplicação deste material em Fachadas. Descubra as suas vantagens neste artigo.

As fachadas ventiladas e os revestimentos de parede foram desenvolvidos para proteger os edifícios contra a ação combinada da chuva e do vento, atenuando os efeitos da água a bater nas paredes, mantendo o edifício seco, com características estéticas de alto nível e vantagens indiscutíveis de isolamento térmico e isolamento acústico.

Uma parede ventilada permite:

  • Eliminação do risco de fissuras;
  • Eliminação do risco de desprendimento do material componente da parede;
  • Proteção das empenas contra a ação direta de agentes atmosféricos;
  • Eliminação da condensação superficial;
  • Eficiência duradoura do isolante exterior, que se mantém perfeitamente seco graças a uma excelente ventilação;
  • Fácil instalação no local independentemente das condições climáticas;
  • Criação de um espaço técnico de trabalho para alojamento de tubos e dutos.

O painel Viroc é um excelente elemento para ser utilizado em fachadas ventiladas, oferecendo uma durabilidade que acompanha a da construção tradicional, com um aumento do conforto térmico dos edifícios, possibilitando a economia de energia. As fachadas ventiladas reduzem a quantidade de calor que os edifícios absorvem, em condições de clima quente, devido ao sombreamento que produzem sobre a parede do edifício, associada à ventilação do espaço de ar entre o painel e a parede, obtém-se uma redução nos custos de energia na refrigeração através de ar condicionado.

 

 

 

 

 

 

 

Ao contrário, no inverno, as fachadas ventiladas conseguem reter o calor, pela existência de uma camada isolante encostada a parede o edifício, resultando em economia de aquecimento. Este sistema permite uma ventilação natural eficiente garantindo um elevado nível de conforto habitacional.

Do ponto de vista funcional, a fachada é constituída por uma estrutura de suporte, realizada com perfis metálicos ou de madeira, ancorados à parede do edifício através de esquadros e elementos de ancoragem. O painel é instalado como uma camada “independente” que é adicionada a toda a envolvente do edifício, formando um espaço de ar ventilado entre a face de trás do painel e a camada de isolamento fixa à parede.

Para além do elevado sentido estético de Viroc, a sua utilização poderá ser realizada sobre edifícios novos ou na reabilitação de edifícios antigos, com inúmeras vantagens, que pode consultar aqui.  Com a instalação de uma fachada ventilada, conseguimos corrigir diversas patologias.

  • Fissuração da empena;
  • Degradação dos materiais do edifício;
  • Desagregações;
  • Deslocamentos;
  • Falhas de material como por exemplo betão;
  • Deformabilidade excessiva;
  • Manchas de humidade;
  • Bolor e/ou outros micro-organismos;
  • Eflorescências;
  • Mau funcionamento de esquadrias/ esquinas;
  • Vibração excessiva;
  • Problemas de ventilação;
  • Mudanças de coloração do material.

Partilhe este artigo:

Share on facebook
Share on linkedin

Newsletter